A mais nova tecnologia apresentada pela Ford, usa sinais luminosos, sons e vibra evitando que o motorista durma.

O motorista sozinho dirigindo por horas, sendo muitas vezes à noite, já começa aqueles movimentos de sono e fica caindo a cabeça, o famoso pescar. E um segundo de distração ao volante pode jogar o motorista fora da pista.

Como fazer para que o motorista acorde numa situação dessas?

A Ford encontrou uma solução ao desenvolver um item relativamente simples, mas extremamente valioso para segurança do motorista: um boné que alerta a sonolência do condutor, vibrando, emitindo som e ainda com luz.

 

Depois de ajustado, ao notar algum movimento fora do comum, como a cabeça pendendo para um lado ou para frente (aquela pescada clássica), o boné emite três tipos de alerta: o acelerômetro vibra, emite um som e luzes posicionadas na parte de baixa da aba irão piscar.

De acordo com a marca, o desenvolvimento do sistema levou mais de 18 meses e foram percorridos mais de 5 mil quilômetros em testes feitos por um grupo de motoristas. Ainda assim, o projeto ainda está em seus primeiros passos, sem previsão de chegar às lojas.

E o seu grande diferencial do boné alerta comparado aos tradicionais sistemas de fadiga é o fato do ‘equipamento’ estar na cabeça do motorista. O ponto sonoro é próximo ao ouvido, que somado à vibração e às luzes que piscam bem à frente dos olhos, o torna um excelente item de segurança. E o melhor, vale para qualquer motorista.

 A Ford diz que ainda precisa realizar mais testes, além do processo de patenteamento e certificação, mas afirmou que está interessada em oferecer a tecnologia para parceiros e clientes, acelerando seu desenvolvimento.

 

Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul, (o cara “estiloso” da foto ao lado) fala que: “Este é um exemplo de tecnologia de vestir desenvolvida com foco nas pessoas, uma inovação com potencial para prevenir acidentes e tornar as vias mais seguras”.

Voltar